blog florescer

Série Jacó – Parte IV

Olá meninas,

Como foi a semana santa? Acho ganhei 3 quilos depois de tanta comida e chocolate rsrsrs, espero que vocês tenham descansado e o melhor, estado na presença de Deus. A páscoa é um momento de muita reflexão e precisamos ter o real entendimento desse dia tão importante. Qualquer dia vou fazer um post sobre esse tema lindo, mas agora vamos continuar com nossa série que paramos em um momento muito romântico. Vamos ver o que aconteceu?

E se passaram os sete anos de trabalho, que para Jacó foi muito fácil de esperar, já que a recompensa para ele era a melhor de todas. Porém, ao chegar o grande dia, o dia do casamento, algo inesperado aconteceu, seu primo Labão entregou a filha errada para Jacó. Em vez de Raquel, Jacó casou-se com Lia, a filha mais velha do seu primo.

Jacó com toda razão, ficou furioso e ao questionar Labão ele disse que a mais nova não poderia se casar antes da mais velha e se ele quisesse casar realmente com Raquel teria que trabalhar mais sete anos.

“Quando chegou a manhã, lá estava Lia. Então Jacó disse a Labão: “Que foi que você me fez? Eu não trabalhei por Raquel? Por que você me enganou? “Labão respondeu: “Aqui não é costume entregar em casamento a filha mais nova antes da mais velha. Deixe passar esta semana de núpcias e lhe daremos também a mais nova, em troca de mais sete anos de trabalho”. Gênesis 29:25-27

E o amor de Jacó por Raquel era tão grande que ele concordou em trabalhar mais sete anos por ela e assim foi feito, após quatorze anos de espera, Jacó casou com Raquel. E depois de tanto tempo ele viveu a maior alegria de sua vida, possuía em seus braços a mulher amada.

Jacó permaneceu trabalhando para Labão, e ganhou muitos filhos. Deus viu o desprezo de Jacó com Lia e a abençoou com muitos filhos, enquanto Raquel sofria por ser estéril, mas depois de muito clamor, ela concebeu seu primeiro filho, José.

Muito cansado e explorado nos últimos sete anos, Jacó decide ir embora, Labão se aproveitou dos trabalhos dele, Jacó trouxe prosperidade para suas terras, mas Labão resistiu e não liberou seu genro com sua família. E foi feito diversos acordo, e Labão sempre quebrava, mas Jacó não parava de prosperar causando inveja aos filhos de Labão. Jacó percebeu que estava sendo trapaceado o tempo todo reuniu todos seus filhos e mulheres e fugiu.

Ufa! Quanta luta, né? Fiquei com muita pena de Jacó, mas tudo que ele passou foi o preço da trapaça que ele fez com seu irmão Esaú. Como está na palavra:

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” Gálatas 6.7

Mas parece que agora tudo vai melhorar, não é mesmo? Será que a volta para casa vai ser tranqüila? O que será que espera por ele lá em Canaã? Muitas surpresas nos aguardam nessa grande série, fiquem com Deus.

Beijos da Cel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *